Grupo de Apoio aos Pacientes Reumáticos no Brasil

Sem dinheiro para remédios, idoso mata esposa com artrite severa

0

O aposentado William Hager, de 86 anos, ligou para a polícia e confessou ter matado a própria esposa porque ela estava doente e sentindo muitas dores, e ele não tinha como pagar pelos remédios. O caso aconteceu no segunda-feira (16), na cidade de Port St. Lucie, na Flórida (EUA), e foi divulgado  no dia 17.

De acordo com informações da WPTV, da rede NBC, o homem matou a esposa com um tiro na cabeça enquanto ela dormia. Em seguida, ele foi até a cozinha, tomou café e ligou para os filhos para contar o que tinha feito.

Cinco horas depois, ele fez contato com a polícia para se entregar. “Eu gostaria de pedir desculpas por não ter ligado antes, mas eu queria contar aos meus filhos primeiro”, disse ele ao telefone.

Carolyn Hager, de 76 anos, sofria de artrite severa e outros problemas de saúde há cerca de 15 anos, e teve piora nos últimos dias, quando o homem começou a cogitar matá-la. Segundo ele, a esposa já havia dito várias vezes que queria morrer, mas nunca pediu que ele a matasse.

Hager ainda contou que chegou a arrumar um emprego para pagar pelos medicamentos, mas teve falência em 2011 e não conseguiu ajudá-la.

O homem está preso e irá responder por homicídio. Os filhos do casal, que moram em outro estado, pretendem visitar o pai nos próximos dias.

Fonte: Rede TV

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: