Grupo de Apoio aos Pacientes Reumáticos no Brasil

Novo medicamento oral para Artrite Reumatoide chega ao Brasil, Citrato de Tofacitinibe (Xelzanz)

0

Citrato de Tofacitinibe (Xelzanz), está disponível para compra no Brasil e foi aprovado em outros 36 países.
Tofacitnibe (Xelzanz), é um medicamento oral (comprimido), com efeito semelhante ao medicamento biológico, sobre o controle da artrite reumatoide, no entanto, não é um “biológico oral”, é um medicamento sintético e pode ser usado em monoterapia e não precisa ser associado ao Metotrexato.

Medicamento Oral, com efeito semelhante ao Biológico - Tofacitinibe (Xelzanz) R$ 3.450 (1 mês de tratamento)
Medicamento Oral, com efeito semelhante ao Biológico – Tofacitinibe (Xelzanz)
R$ 3.450 (1 mês de tratamento)

Citrato de Tofacitinibe (Xelzanz) – Indicação: falha terapêutica DMARD tradicionais ou DMARD Biológico 1º ou 2 º linha, resposta inadequada ao Metotrexato ou intolerância ao MTX. Tofacitinibe, pode ser usado em monoterapia (sozinho, quando se toma Tofacitinibe, é possível, tomar apenas ele).

Uso seguro: requer controle de enzimas hepáticas, renais e hemograma.

Tofacitinibe – Xeljanz, foi aprovado no Brasil na versão de 5 mg, o frasco do Tofacitinibe foi aprovado pela Arthritis Foudation (é fácil de abrir).

Posologia:  A dose usual é de 02 comprimidos ao dia – 01 pela manhã e 01 pela noite, meia vida é de 03 horas.

Valor de mercado pra venda no Brasil:  preço médio R$ 3.450 a embalagem com 60 cápsulas (suficientes para 30 dias). O laboratório produtor Pfizer do Brasil, está negociando com a rede pública de saúde, para incorporação deste medicamento no rol do PCDT “Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas do Ministério da Saúde, para o tratamento da artrite reumatoide”

O citrato de tofacitinibe (Xelzanz) tem um mecanismo de ação diferente dos outros tratamentos, pois age dentro das células, neutralizando a ação da proteína janus quinase, buscando impedir a atividade inflamatória.
Um novo medicamento renova nossas esperanças de controle e remissão da doença, esperamos que brevemente esteja sendo fornecido pelo SUS, nas farmácias de alto custo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: