Grupo de Apoio aos Pacientes Reumáticos no Brasil

Artrose entre jovens

0

A palavra artrose remete à terceira idade, mas não é bem assim. Uma das causas comprovada é a questão da hereditariedade e, por conta disso, o histórico familiar de cada paciente é averiguado. Além disso, O excesso de atividade física, na musculação, com sobrecarga de peso, ou mesmo o oposto, a obesidade, estão levando cada vez mais jovens na faixa etária de 30 anos a sofrerem com as dores da artrose.

A musculação com muito peso, a corrida sem descanso, os esportes competitivos dividem a “culpa” com obesidade e sedentarismo para a população da terceira década procurar os ortopedistas e descobrir problemas nos joelhos, quadris e tornozelos.

Para quem está acima do peso, emagrecer é fundamental, mas não condição exclusiva para evitar a artrose já que existe o componente genético. Quem conviveu durante muito tempo com a obesidade, tem a cartilagem prejudicada, situação que permanece após o emagrecimento. É preciso uma ajuda especializada e com treinos específicos para o fortalecimento das articulações.

Um número cada vez maior de pessoas entre 30 e 50 anos têm sofrido dores provocadas pelo desgaste das articulações de joelhos, quadris, tornozelos e coluna. 10% da população nesta faixa etária apresenta esse problema de saúde. Nessa faixa etária a artrose geralmente é fruto de trauma, uma carga excessiva de exercícios. E o número de pessoas nesta faixa etária nos consultórios médicos, com diagnóstico de artrose, é cada vez maior.

O que leva um paciente com artrose a procurar um médico é a dor articular e a perda da sua função, ou seja, a limitação de seus possíveis movimentos. Os jovens que querem ficar distantes da artrose e do reumatismo, além de maneirar nos exercícios, não podem recorrer a artifícios perigosos, como os anabolizantes ou suplementos sem indicação especializada. Se diagnosticarmos a doença mais cedo, podemos mudar a rotina de exercícios pesados da pessoa. Por isso, consultar um médico especialista ao menor sinal de dores é tão importante.

Para quem pratica musculação e não quer sofrer com a artrose, a orientação especializada para os treinos é o que protege mais. Os especialistas orientam ainda que o descanso da musculatura é essencial para evitar problemas. Outra dica é não colocar muito peso nos aparelhos, em especial se isso for feito por conta própria. Fica o alerta!

Fonte: Conselho Regional de medicina de Pernambuco

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: